Componentes básicos de um sintetizador Parte 4: Modulação e Controles Globais

Componentes básicos de um sintetizador
Parte 4: Modulação e Controles Globais

Além do oscilador, filtro e amplificador, há também outros componentes que atuam na síntese do som e que estão presentes quase que na totalidade dos sintetizadores existentes.

Há, por exemplo, um tipo especial de oscilador que funciona em baixas frequências (até cerca de 20 Hz – abaixo do limite da audição do ser humano) denominado LFO (oscilador de baixa frequência). É utilizado para criar vibrato, vibração, etc. O LFO pode, por exemplo, modular o oscilador principal (VCO / DCO), para criar pulsações ou vibrato, ou o amplificador (VCA / DCA), para criar um efeito de tremolo.

É muito comum que o LFO em funcionamento seja controlado por uma roda de modulação presente perto das teclas.

Outros controles típicos de um sintetizador são os chamados controles globais (Global Control), que afetam as características gerais do som, como a reprodução monofônica ou polifônica, portamento ou glidede, pitch bend e muito mais.

No futuro continuaremos com mais dicas sobre sintetizadores.

 

Jobert Gaigher


Siga minhas páginas nas redes sociais
FacebooktwitterpinterestlinkedinrssyoutubetumblrmailFacebooktwitterpinterestlinkedinrssyoutubetumblrmailby feather

Deixe um comentário